06 fevereiro 2012

o ESTADO da NAÇÃO - Fev 2012

Com o abaixamento da actividade económica, derivado do menor poder de compra dos portugueses; com o crescimento insuficiente das exportações; com a sobrecarga de impostos e cortes de salários ... vamos assim a caminho de as despesas do Estado (por muito que desçam) serem percentualmente sempre insuficientes. Por este caminho, não só não desceremos percentualmente a Dívida e Despesa corrente, como estaremos a caminho do DESASTRE TOTAL. Parabéns ao Sr. 1º Ministro e ao Sr. Ministro das Finanças... Portugal agradece!!! pelos vistos... Continua a não se falar no CONCRETO e com medidas CONCRETAS em Investimento que crie EMPREGO e em Política de Desenvolvimento ESTRUTURADA para atrair NOVOS EMPRESÁRIOS ... pois é ... as políticas seguidas pelo Dr. Cavaco Silva, enquanto 1º Ministro, de destruição da Agricultura, Pescas e Indústria nacionais, as políticas de imitação seguidas pelo Engº António Gueterres, pelo Dr. Durão Barroso, Dr. Santana Lopes e Engº Socrates e agora aprofundadas pelo Dr. Passos Coelho, dão como resultado que Não Há, nem haverá empregos em Portugal, e os Portugueses são forçado...s a emigrar. Para quem criticou tanto o Regime da 2ª República por causa da emigração, não está mal. Temos que MUDAR de vida meus caros amigos. Temos que empurrar os poderes políticos a MUDAR de vida. Se não o fizermos, a bem ou a mal, deixaremos de ser um País com um Estado Soberano e passaremos a ter um Soberania muito limitada, o que será trágico para o Portugal de quase 900 anos de História. Pensem Nisto !!! Miguel Mattos Chaves
Enviar um comentário