16 abril 2014

o Assalto dos Federalistas nas costas dos Povos das Nações Europeias

Google

o ASSALTO dos FEDERALISTAS (Durão Barroso, Banqueiros, PSD, PS e PR) à EUROPA
nas COSTAS dos POVOS das Nações da Europa.

17 de Outubro de 2012 às 21:47

o Dr. Durão Barroso de braço dado com os Banqueiros e Líder do PS ....

Tenho visto com estupefação as declarações concordantes do Dr. Durão Barroso com os banqueiros e com o líder do PS, com o líder do PSD e com o PR !

E estas vão no sentido de uma Federalização da União Europeia.

Agora o "alibi" é a saída para a Crise.

Crise, recorde-se, provocada pelo Sistema Financeiro com as suas Más Aplicações dos Depósitos dos Consumidores e Clientes dos Bancos.
..
Reportando-me aos Bancos, pergunto:

- o excesso de crédito, sem critério, que foi providenciado pelos Bancos ao longo dos últimos 20 anos;

- o consequente endividamento destes no mercado internacional;

- o crédito concedido para operações em Bolsa que nenhuns empregos directos criam, mas sim e eventualmente indirectos;

- as aplicações dos Bancos em Operações que integravam Activos duvidosos;

- as aplicações destes sobretudo em operações bolsistas, em detrimento do financiamento da Economia Real das empresas e investimentos reprodutivos;
...
São imaginação minha?

ou são factos que desembocaram nesta situação ?

Por isso começo a estar farto das declarações, como as do dos vários economistas do regime e dos banqueiros, que procuram esconder, com o Beneplácito da Comunicação Social, com o Beneplácito e Cumplicidade dos Governantes, quem realmente causou esta Crise que é Financeira e foi gerada por ELES (Bancos) e sua gestão especulativa.

Não temos condições de aguentar o euro!

Já, aliás, o sabíamos aquando da nossa entrada para o mesmo.

Os Alemães fizeram o down-grade da sua moeda e com isso aumentaram a competitividade das suas exportações, da sua industria de alto valor acrescentado.

Factor que não existe em Portugal pois, dos APENAS 7% de empresas que exportam, apenas 2 a 3% têm um valor acrescentado substancial.

Assim o erro cometido em 1998, (decisão política de entrada no euro) paga-se e estamos a pagá-lo bem caro!

Mas voltemos ao Tema da Luta entre Federalistas e Intergovernamentalistas.....

Vem desde 1948 esta discussão... entre o Modelo dos Estados Unidos da Europa e o Modelo da Europa das Nações Soberanas !

E esta discussão não é uma coisa menor.

Os Vários Povos da Europa passaram 10.000 anos em guerra para a obtenção da sua capacidade de Autodeterminação, pela sua Capacidade de Autogoverno...

Luta que ainda hoje continua com o Povo Basco, com os Catalães, (na Europa), os Escoceses, os Arménios, os Curdos, Belgas, etc... a quererem ser Independentes e terem um Estado Soberano que os governe e represente;

Entretanto na Europa, a Direita Conservadora Inglesa e adoptado pelas Direitas Europeias, criou-se no Pós-Guerra um Sistema de Estado Previdência que queria providenciar a paz social, a segurança dos cidadãos, a acalmia das nacionalidades.

Garantia 3 coisas:
(1) quando as pessoas estavam doentes, eram tratadas;
(2) quando as pessoas envelheciam, tinham uma pensão de reforma para sobreviverem;
(3) quando involuntáriamente desempregadas, não morriam de fome!

Constituíu-se como uma "almofada de paz" no continente !

Veio o Estado Social Socialista e Social-democrata (seu primo chegado) e alargou até à exaustão o Estado Previdência e pôs este em perigo (mas isso é outro tema)!

Estes factos preservaram a Paz na Europa!

A CEE, CECA e CEEA, as Comunidades Originais, ao serem constituídas, tinham como objectivo não declarado, a integração da Alemanha num espaço em que esta não poderia ter veleidades autónomas.

Era uma forma de a controlar e evitar o aparecimento de novas aventuras que provocassem uma nova guerra ! MAS o desenho e o modelo teórico de Coudenhouve Calergi, Aristid Briand, Robert Schuman, Konrad Adenauer, era o de uma Europa das Nações, que respeitasse as nacionalidades, a independência dos povos e a Soberania dos Estados !

A este modelo opunha-se o da Europa Federal, com Governo e Parlamentos Centrais, desenhado por Jean Monnet, Altiero Spinelli, Dennis Rogemont e Alexander Marc, entre outros.

E até hoje os Federalistas apesar das sucessivas derrotas, não têm desistido, contra a Vontade dos Povos da Europa, de instalar a Federação Europeia.

E RECUSAM terminantemente que, em matéria tão grave como é o do desaparecimento dos Estados Soberanos, os Povos da Europa, sejam ouvidos em REFERENDO!
- pois sabem que seriam ESTRONDOSAMENTE DERROTADOS !

NOTA de AVISO:

para aqueles que dão como exemplo os EUA, Estados Unidos da América, como exemplo a seguir, convido-os a ler os números de dois estados Federados dos EUA: o UTAH, o OHIO, o NEBRASKA, cujo rendimento das famílias é de cerca de menos 30% que a média dos 50 estados federados.

Ora, os Povos da Europa (já que não existe um Povo Europeu como os Federalistas nos querem fazer querer), não querem o seu País ser o UTAH, (o mais pobre dos Estados dos EUA) desta configuração Federalista da Europa.

Tenho, para mim, que o Dr. Durão Barroso, os Banqueiros, e o Líder do PS, o Líder do PSD (1º Ministro) e o PR,
NÃO FORAM MANDATADOS PELO POVO PORTUGUÊS PARA ADERIREM A UMA FEDERAÇÃO, que arrastaria, como consequência o desaparecimento da Capacidade de AUTO-DETERMINAÇÃO e Auto-Governo do Povo Português, numa palavra a Independência de Portugal, que dura há quase 900 anos !

Deixo estas breves linhas á SUA CONSIDERAÇÃO pois com a desculpa da Crise já querem:
• uma União Bancária, (pois) uma União Fiscal,
• uma União Política da Europa,
• SEM O SEU CONSENTIMENTO !

Pense e Comente, se quiser !
..
Melhores cumprimentos
Miguel Mattos Chaves
Enviar um comentário