29 novembro 2013

o CASO dos ESTALEIROS NAVAIS de VIANA do CASTELO

Google
o CASO dos ESTALEIROS NAVAIS de VIANA do CASTELO
(1) Portugal tinha a maior Doca Seca do Mundo para reparação naval, que os agora muito preocupados com os Estaleiros de Viana do Castelo (CGTP) ajudaram a inviabilizar com greves e mais greves e com reinvindicações absurdas, situada em Cacilhas-Almada;
..
(2) Portugal tem uma área marítima de cerca de 3 milhões de Km2, que não só não explora, como n...ão tem capacidade para defender dos interesses alheios a Portugal;
...
(3) O Mar é um dos poucos factores de possível afirmação de Portugal no Sistema Internacional;
...
(4) Para o fazer tem que haver: Vontade dos Poderes Políticos; Vontade dos Portugueses em investir nas actividades do mar e exploração dos seus recursos e vontade de os defender contra as Novas Ameaças (exploração indevida, tráfico de droga, tráfego ilegal, terrorismo, etc...);
...
(5) Neste âmbito os Estaleiros Navais de Viana do Castelo são, de facto, estratégicos para Portugal e de importância vital para o seu desenvolvimento futuro;
...
(6) Assim vejo com estranheza:
(a) a incompetência e inépcia do actual Ministro da Defesa de Portugal, que ao invés de ir pelo Mundo fora procurar encomendas para alimentar este, e outros estaleiros navais portugueses, (Diplomacia Económica Pró-activa) se limitou a tentar descartar os mesmos sem curar de saber se a sua viabilidade seria assegurada;
(b) vai gastar mais no seu descartamento do que na sua viabilização, o que é, NO MÍNIMO, estranho; (não quero, para já ir mais longe);
...
(7) Assim Portugal ficará mais desguarnecido de um instrumento Vital para a Indústria Naval, que á a BASE para a exploração do Mar Português e sua ZEE contigua.
...
À VOSSA REFLEXÃO
Miguel Mattos Chaves
Enviar um comentário