07 março 2016

AGRADECIMENTO e PARTILHA

Caras Amigas, Caros Amigos, Prezados e Estimados Leitores,
...
Saindo amanhã - 3ª feira, dia 08-03-2016 - nas bancas de jornais, a primeira edição do semanário "O Diabo",(o 2º semanário mais antigo de expansão nacional que se publica em Portugal) em que aparece o meu nome como Director, quero partilhar convosco o texto do meu editorial.
...
Faço-o pelo respeito que todas e todos me merecem, ao acompanharem-me já há uns anos, na leitura das minhas opiniões e análises, quer postando "likes", quer através da postagem dos vossos pertinentes comentários, quer através da simples leitura do que venho escrevendo.
....
Tal facto tem-me encorajado a continuar a escrever sobre Portugal e os Portugueses e a partilhar convosco as minhas sugestões sobre qual deverá ser o caminho futuro para Portugal.
...
Assim é de elementar justiça que partilhe hoje, em primeira mão, o meu 1º Editorial:
...
1º EDITORIAL – semanário “O Diabo”
Ilustres Amigos,
Caros Portugueses,
...
Tomei posse do cargo de Director do 2º semanário mais antigo, de circulação nacional, que se publica em Portugal – “O Diabo” – que sai às terças-feiras.
...
Faço-o por convicção, pois aceitei o desafio de coordenar o único órgão de comunicação social que agora, de forma clara e inequívoca, se afirma de Direita, em Portugal.
...
Portugal era um dos poucos países, de regime democrático do tipo ocidental, que não tinha um órgão de informação que se afirmasse claramente de direita, a exemplo do que acontece em Espanha com o “ABC”, em França com o “Le Figaro”, em Inglaterra com o “The Times”, etc.
...
De facto é minha intenção que “O Diabo” seja o veículo que dê voz, preferencialmente, às pessoas da Direita Conservadora, Democrata-cristã e outras tendências da Direita portuguesa e internacional, sejam Monárquicos ou Republicanos, que não têm tido voz na comunicação social ou pouco a têm tido, pelas razões que todos conhecem.
...
Será um jornal de Opinião política, de Análise da realidade nacional e internacional e de divulgação de notícias, tendo como pano de fundo a seriedade, o rigor e a credibilidade das fontes de informação.
...
Será um semanário de Debate político sério e urbano em que se respeitam os contraditórios, partindo do princípio antropológico de que somos todos diferentes, mas que a todos é devido o respeito inerente á pessoa humana. ...
...
Tudo se poderá debater, contraditar dentro dos limites da educação e do respeito pelos outros, mas que nos é devido também.
...
É assim, com muita honra, mas também com um sentido de serviço sério à comunidade, que assumo o dever de dar voz a um quadrante político da vida nacional que pouco ou nada se tem feito ouvir em Portugal, o que tem gerado nos portugueses uma confusão generalizada sobre o que verdadeiramente a Direita propõe ao País como Valores e Modelo de Sociedade alternativo.
...
Considero que é uma missão difícil, mas nobre, dado que Portugal não pode continuar a viver numa democracia deficiente, em que só as esquerdas, e seus próximos, têm voz.
...
Para tanto, espero continuar a contar com os excelentes serviços da redacção deste semanário, em particular, e de todos os seus colaboradores, em geral.
...
Posto isto, peço a todos os Portugueses que, se sentindo e se identificando com este quadrante político, colaborem num semanário que também é vosso e que será tanto maior e tão mais credível quanto a vossa colaboração em artigos sérios e informativos, com qualidade, se produza com regularidade.
...
É sobretudo um desafio para todos os Portugueses, que se afirmam de direita, aderirem e contribuírem com a sua compra nas bancas e a sua leitura semanal, para que este semanário continue independente financeiramente de qualquer Governo ou de qualquer grupo de pressão.
...
É finalmente um desafio para que todos os Portugueses que amam Portugal e o querem ver relevante no seio do Sistema Internacional, contribuam com artigos fundamentados, que enriqueçam a discussão política e desbravem caminhos possíveis para Portugal.
...
É assim um desafio para que a nossa democracia, de deficiente, passe a ser adulta, saudável e completa.
...
São estes os princípios e os objectivos ambiciosos, mas claros e sem qualquer ambiguidade, que me nortearão na direcção deste prestigiado semanário e para os quais peço a vossa ajuda e colaboração.
Miguel Mattos Chaves

....
Muito obrigado por ter lido este editorial.
Melhores cumprimentos e um abraço com estima pessoal a todas e a todos
Enviar um comentário