25 fevereiro 2017

Mais algumas notícias que não passam nos "OCSocial". Incomoda? Claro!

MAIS ALGUMAS NOTÍCIAS
que os "órgãos de C.S." não divulgam
...
1.) Bolsa de Londres
O Governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney, veio publicamente admitir que a os resultados da economia britânica desmentiram todas as previsões anteriormente feitas e que esta está a crescer a taxas mais altas do que o esperado. ...
...
Afirmou também que “a U.E. terá mais a perder com o Brexit do que o RU”, acrescentando que a saída da U.E deixou de ser o maior risco para a economia do país.
...
Estas afirmações foram produzidas depois de mais de nove dias de records de valorização bolsista.
O FTSE 100,o índice do mercado londrino que engloba as cotações bolsistas das cem principais empresas do Reino Unido, atingiu os 7.318,05 pontos.
...
Este valor é um recorde absoluto. Segundo o “Financial Times” é a primeira vez que a bolsa de Londres regista um crescimento em tantos dias consecutivos, desde a que o índice FTSE foi criado no ano de 1984.
...
MINHA NOTA:
O famoso e pretenso “caminho único” enunciado pela Alemanha e pela Comissão da União Europeia está a ser desmentido todos os dias, à medida que o tempo avança.
...
2.) A Semana de Trump A Fox news dos EUA levou a efeito, na semana passada, um questionário público sobre a primeira semana do Governo Trump.
...
Fez uma pergunta aos americanos, que foi a seguinte:
- “Teve o Presidente Trump uma boa primeira semana?” -
...
As hipóteses de resposta foram:
(1ª) – Sim, ele está a cumprir as suas promessas de campanha! -
(2ª) - Não, a sua agenda foi lateral e marcada por controvérsias desnecessárias!
(3ª) Foi uma confusão!
...
Apesar de não ser um estudo formal, deixa pistas sobre a percepção dos americanos sobre o seu novo Presidente.
...
A primeira hipótese, a favorável, obteve 79% das respostas, a segunda 14% e terceira 8%.
...
MINHA NOTA: Eleito pelos americanos, são os americanos que o têm que julgar e avaliar.
...
3.) Paz na Síria? A Rússia convocou uma reunião de conversações sobre a Síria, para o Cazaquistão, em que estiveram presentes o Governo Sírio, a Turquia e o Irão.
...
Esta reunião que serve para abrir o caminho para as conversações de Paz, necessárias para a estabilização do país.
...
O Governo do Presidente Al-Assad conta com o apoio da Rússia e do Irão, apoio que desde sempre se manifestou políticamente mas que só foi consubstanciado em apoio armado nos meados do ano transacto.
...
NOTA MINHA:
A Turquia por seu lado apoia vários movimentos, ditos de “rebeldes”, como já se deu nota em edição anterior deste semanário.
A tomada de Alepo pelas forças governamentais, auxiliadas pelas forças Russas, foi decisiva para sentar à mesa os principais protagonistas.
...
Estas notícias sairam em Portugal apenas no semanário que tenho a honra de dirigir, na edição de 31 de Janeiro. ...
Para Vosso Conhecimento
...
Miguel Mattos Chaves
Director do semanário "O Diabo"

 
Enviar um comentário