12 agosto 2014

REFLEXÃO - Notícias, Férias, BES

A Todos os meus Amigos e Leitores,
Encontrando-me de férias só dia 26 retornarei a este fórum.
..
Entretanto desejo-vos umas excelentes férias ou um tempo de trabalho profícuo.
E não se cansem muito com ouvir os telejornais pois são como as... telenovelas. Passados 15 dias o Vilão continua o mesmo, a História pouco evolui, (para baixo), os Progressos são quase Nulos.
... 
Façam umas férias das "notícias" pois na realidade não o são.
Assim recomendo-vos o "desligar" dos folhetins que só vos amarguram e nos amarguram pelo retrato de incapacidade e incompetência que nos trazem, para além de outros adjectivos e substantivos que deveria caber à Justiça e aos Tribunais julgarem.
... 
Não acredito, infelizmente que os Tribunais o venham a fazer pois se o fizessem creio que 95% dos comentadores, economistas do regime e dirigentes políticos teriam sérios problemas.
... 
Um abraço a todos e até dia 26 de Deus quiser.
Miguel Mattos Chaves
...
NOTA FINAL: o prejuízo da tomada de posição de não deixar falir pura e simplesmente o BES (mau ou bom) salvaguardando apenas os depósitos dos clientes (já que quem joga em acções, obrigações etc... sabe que pode ganhar ou perder), estimado por baixo é assim:
1) 10 mil milhões que o BCE obrigou o BES a pagar (prejuízo actual ou futuro causado por saída de dinheiro sem substituto à vista depauperando a Tesouraria e capacidade de financiamento da instituição - afogando a sua capacidade de pagamentos e de investimento);
2) 4,5 mil milhões de prejuízo causado pela governança anterior;
RESULTADO: um "buraco" de 14,5 mil milhões de euros.
Enviar um comentário