05 outubro 2016

Mensagem ao novo Secretário-Geral das Nações Unidas

Ao novo Secretário-Geral das Nações Unidas
...
Em primeiro lugar os meus sinceros Parabéns ao Senhor Engenheiro António Guterres pela brilhante prestação e desempenho revelado ao longo do processo de eleição para o cargo de Secretário-Geral das Nações Unidas e que hoje culmina com a sua indigitação para o cargo, pelo Conselho de Segurança, sem nenhum veto das cinco potências predominantes na organização (EUA, Rússia, China, França e Reino Unido).
....
Em segundo lugar exprimi...r a minha satisfação, como Português, por ver um compatriota eleito para o mais alto cargo do Sistema Internacional das Nações, por mérito próprio e incontestável.
...
Em terceiro lugar exprimir o meu agradecimento de Português, ao Senhor Presidente da República, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa e aos Senhores Embaixadores de Portugal, no estrangeiro, junto de vários países, envolvidos, nesta campanha que ajudaram e muito na eleição do Sr. Engenheiro António Guterres, pela unidade demonstrada neste processo em que se defendeu Portugal, deixando de lado a mais nociva das “doenças” portuguesas (a partidarite e a mania das “capelinhas”).

Como Católico, como Português, estou orgulhoso pela sua eleição.
….
Num tempo em que a qualidade dos dirigentes políticos portugueses me tem oferecido sérias reservas, sobretudo de há vários anos para cá, é consolador ver um Português triunfar na exigente cena internacional.
...
Sempre o disse e afirmei, que os Portugueses nada devem em inteligência, em capacidade, aos estrangeiros. Verifiquei isso mesmo ao longo de vários anos em que trabalhei em companhias multinacionais.
...
Por último, quero expressar o meu desagrado e a minha repulsa pela atitude batoteira e de baixíssima política protagonizada pela Chanceler Alemã Angela Merkel e seus criados às ordens Jean Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia, e sua Vice-Presidente “Kristalina”. A cena internacional não precisa deste tipo de figuras, o mundo seria bem melhor sem elas.

Por fim, e mais importante, desejo ao novo Secretário-Geral das Nações Unidas, o Português Engº António Guterres as maiores felicidades no desempenho das suas novas Altas Funções, que muito o prestigiam e prestigiam Portugal.
Bem-haja pelo seu mérito.

Melhores cumprimentos
Miguel Mattos Chaves
Cidadão Português, Católico, militante do CDS-PP, da Direita Conservadora



Enviar um comentário