18 junho 2017

Até quando as lágrimas de crocodilo dos Incompetentes?

OS INCÊNDIOS e os INTERESSES
Assistindo com tristeza ao que se está a passar republico uma mensagem que venho publicando desde há 3 anos a esta parte.
Antes de formular de novo as perguntas então feitas, apetece-me questionar porque é que não se tem Reflorestado o País, que poderia contribuir para uma menor ocorrência destes incêndios?
Sabe-se que as árvores recebem anidrido carbónico e produzem/expelem Oxigénio.
Contribuem para a humidificação das terras por provocarem maiores índices de pluviosidade/chuva.
Assim sendo não percebo, porque não se refloresta o país que tem ardido?
As árvores não votam, não é Senhores Ambientalistas e Senhores Políticos? Não há negócio nesta matéria, não é? Pois!!
Republico agora as PERGUNTAS que tenho feito aos Governos de Portugal:
1- Será que os incêndios se tornaram um negócio muito apetecível?
2- Porque não são rentabilizados os meios aéreos da Força Aérea Portuguesa, como sempre o foram até 1980?
3- Porque não são reequipados os meios aéreos da Força Aérea, para a época de incêndios que seria muito mais barato do que alugar aviões privados?
4- Porque é que a Força Aérea não desenvolve missões de vigilância preventiva de detecção e resposta rápida a incêndios?
5- Porque é que a GNR, nas épocas mais sensíveis, cumpre mal o seu papel de vigilância das Matas (já que PSD e PS acabaram com a Guarda Florestal)?
Porque não é restaurada a Guarda Florestal destruída pelos Governos do PSD e do PS?
Que interesses estão por detrás dessa destruição?
6- Porque é que à Engenharia Militar não lhes é atribuída a missão de abrir estradas corta-fogos nas matas nacionais?
7- Porque é que o atear de um incêndio não é considerado um Crime Grave contra o País, com a correspondente pena agravada no Direito Penal e uma simplificação de processos de julgamento correspondente no Direito Processual Penal?
8- Porque é que é o Corpo Nacional de Bombeiros a proceder às compras de Material de Combate a Incêndios e não directamente o Governo da Nação, depois de analisadas e esclarecidas as propostas de compra ou aluguer do CNB?
Responda quem souber.
Mas que se pode pensar que existe a Alta Corrupção, lá isso pode!
Quem tem perdido? Portugal e os Portugueses!
O que fizeram os Governos do PS e do PSD?
- Trouxeram-nos a esta situação em que nos encontramos!
NOTA FINAL:
Não resisto a mais um comentário:
Houve alguém que referiu que se a Força Aérea fosse utilizada, haveria uma pretensa "concorrência desleal"!
Ora um Estado Soberano tem a faculdade, no seio do Sistema Internacional, e mesmo no seio da União Europeia, de definir as suas áreas sensíveis e estratégicas.
O problema é que não temos tido pessoas com categoria suficiente e com conhecimentos e experiência adequados, à frente dos sucessivos Governos.
E assim claramente afirmo que:
- Se eu fosse 1º Ministro já teria cometido à Força Aérea as Missões de defesa do território, também nesta matéria, retirando qualquer tipo de intervenção privada da mesma.
Também já teria tomado medidas de prevenção efectiva restaurando a Guarda Florestal que tinha como missões, a vigilância, a limpeza das matas públicas, a intervenção junto dos particulares no mesmo sentido.
Miguel Mattos Chaves
Cidadão
 
Enviar um comentário